Arrufadas de Batata Doce


O fim de semana de chuva levou-nos para a cozinha. A mim e ao Zé Maria, o meu pequeno ajudante, que apesar de ser assim um bocadinho “nojentinho”, adora ajudar a medir e pesar ingredientes, colocar na taça, misturar e amassar... No fundo o que ele quer é comer um pedacinho de bolo ou de bolachas, e tem sempre alguma dificuldade em perceber que há coisas que têm de levedar... “Mamã, o que é levedar?” ou que têm de ir ao forno para cozinhar. (vinte segundos depois de estar no forno) “Mamã, já está pronto?”
Mesmo assim é um entusiasta e quer sempre ajudar - apesar da bagunça que fica, da farinha entornada, dos ovos partidos e de querer sempre, mas sempre, lamber a colher...
Este fim de semana que passou, ainda de rescaldo de Páscoa, com frio e lareira acessa, levou-nos a fazer umas deliciosas arrufadas de batata doce que vi no blogue da Naida Folgado, o “Frango do Campo”. Em vez de batata doce branca, usei a laranja, que era a que tinha em casa, e ficaram deliciosas... Vale mesmo, mas mesmo a pena experimentar. Fizemos para o lanche de sábado e não duraram até segunda feira....



Ingredientes para cerca de 10 unidades:

200 gramas de batata doce laranja
120ml de leite (usei bebida de amêndoa caseira, mas serve qualquer tipo de leite ou bebida vegetal)
40 gramas de manteiga amolecida
1 saqueta de levedura seca (7g)
1 ovo
1 colher de chá de sal
35gr  de açúcar mascavado
450 gr de farinha
1 ovo batido

Preparação:

Coza a batata doce a vapor e reduza a puré. Coloque-a numa taça e junte o leite, a manteiga, a levedura e misture bem. Adicione depois o ovo, o açúcar, o sal e a farinha e misture bem, primeiro com a colher de pau, e depois com as mãos.
Amasse bem, e se necessário junte um pouco mais de farinha para a massa não agarrar. Forme uma bola com a massa e coloque na taça, tapando, deixando levedar cerca de 1 hora ou até duplicar de tamanho.
Coloque depois a massa numa superfície enfarinhada e divida a massa em cerca de 10 a 12 porções do mesmo tamanho, formando bolas. (pode optar por fazer, por exemplo, uma trança)
Coloque-as lado a lado, num tabuleiro forrado com papel vegetal e pincele com o ovo batido.
Leve a cozinhar em forno previamente aquecido a 180ºC durante cerca de 30 minutos.
Se quiser, depois de frios polvilhe com um pouco de açúcar em pó.
Sirva quentinhos com manteiga ou queijo.


Bom Apetite!

16 comentários :

  1. Anónimo08:51

    Que ideia tão maravilhosa, vou fazer sábado.
    Aida Lopes

    ResponderEliminar
  2. Anónimo09:54

    Ficaram bem bonitas!
    Quando publicou a fotografia delas, não descansei enquanto não encontrei a receita (levei algum tempo porque "encalhei" no nome do blog), e até assei batatas doces com ideia para as fazer. No entanto, houve outros afazeres, as batatas tiveram outro destino, e a ideia das arrufadas ficou em segundo plano.
    Estou a começar a usar mais a batata doce em casa, seja a acompanhar os pratos (ou ingrediente do prato), seja em doces (sem ser azevias ou broas castelar), para além de gostar dela assada com a pele (a memória do Outono e a forma normal de comer, como se fose sobremesa). Nos doces, tenho usado em bolos (ralada crua - como se fosse a cenoura, ou em puré - adapto a receita do bolo de iogurte, substituindo este pelo puré de batata doce (ou abóbora), em bolachas, e em queijada (adaptei a receita da "Queijada de Requeijão" do livro "5-5-5" da Rita Nascimento/La Dolce Rita, neste caso convém reduzir um pouco o açúcar).
    Tenho bastante batata doce em casa, e espero fazer brevemente - acho que não passa deste fim de semana.
    É bom que as crianças envolvam-se na cozinha, ingredientes e preparação. É uma forma de aprender as coisas e lidar com a "impaciência" natural delas.

    Um grande beijinho,
    Sara Oliveira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo12:11

      *PS: ler "...como se fosse sobremesa..."
      Peço desculpa pela gralha.

      Sara Oliveira

      Eliminar
  3. Que ricas arrufadas,...até já sinto o delicioso cheirinho que paira na cozinha e o delicioso sabor,...
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    strawberrycandymoreira.blogspot.pt
    http://www.facebook.com/omeurefugioculinario
    https://www.instagram.com/marysolianimoreira/

    ResponderEliminar
  4. Ficaram com um aspecto super apetitoso! Tenho q experimentar! Bjinhos!

    ResponderEliminar
  5. Nunca experimentei mas ficaram com um aspeto delicioso.

    ResponderEliminar
  6. Olá Joana. Que aspecto delicioso têm as arrufadas. Onde consigo comprar a Levedura seca que refere na receita? No Supermercado, por exemplo Continente conseguirei encontrar? Obrigada desde já :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Anónimo16:10

      Adriana,

      No Continente, Pingo Doce, E.Leclerc, Aldi (e outros), consegue encontrar leveduras secas como a Fermipan, Condi, Vahine, e as de marca prória (ex.Aldi e E.Leclerc), junto dos artigos de confeitaria/sobremesas. As marcas e oferta disponível, podem variar consoante o sortido da loja (as lojas de maior dimensão costumam ter 2 ou 3 referências para o mesmo tipo de produto).

      Espero que a informação a ajude,
      Sara Oliveira


      Eliminar
    2. Ajuda pois! Obrigada Sara.

      Eliminar
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  8. Fiz agora à tarde e ficaram óptimas de sabor, mas muito "duras",tipo scones... Para a próxima deixo menos tempo no forno (os fornos variam sempre tanto!!). Já agora, usou ventilação?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabi:
      Não me parece que tenha a ver com o tempo no forno... O que refere - a textura de scone - é mais um problema de textura e parece-me que tem mais a ver com a levedação... A massa estava bem leveda? Dobrou de volume e inchou bem? A levedura estava dentro do prazo? Apanhou "frio"? As massas levedas não gostam de correntes de ar e frio...
      E não, não usei ventilação... Mas acho mesmo que teve a ver com a levedação. Que levedura usou?
      Joana

      Eliminar
  9. Usei levedura seca, que comprei há cerca de 4 meses.. Ainda não deve ter passado o prazo... Tenho de voltar a experimentar :) de qualquer forma, já desapareceram todas :p

    ResponderEliminar
  10. Anónimo19:30

    Ola joana. Que tipo de farinha usou? Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Lindos pãezinhos, vou experimentar com massa madre!
    Boa semana.

    ResponderEliminar
  12. Também posso saber que farinha usou?

    ResponderEliminar

Imprimir