quinta-feira, Março 27, 2014

Pavlova com Mousse de Chocolate e Frutos Vermelhos

Comecei a escrever um texto sobre pessoas mesquinhas e desagradáveis, mas achei que era dar protagonismo a uma personagem que não merece. Não quero saber das pessoas que não gostam de mim e se dão ao trabalho de me escreverem a dizer isso mesmo. Essas não me interessam para nada. Aliás só alguém que não está bem da sua cabecinha visita blogues de quem não gosta. Ou então tem demasiado tempo para gastar. Uma pena quando o tempo é um bem tão precioso que só devia ser gasto no que realmente interessa, pelo menos quando temos essa opção.
Portanto vamos falar de coisas agradáveis! Das sobremesas que fiz para o aniversário do Miguel e que ainda não partilhei todas. Desta pavlova que, apesar de deliciosa ficou a pavlova mais feia e rachada que fiz até ao momento, e olhem que já fiz umas quantas.
Uma combinação que não tinha nada para correr mal: uma pavlova crocante por fora e perfeita no seu interior. Uma mousse de chocolate negro a contrastar com o doce intenso e os frutos vermelhos que andam de mãos dadas com o chocolate.
Fez sucesso. E uma sugestão - aventurem-se sem medos a fazer uma pavlova!

Ingredientes

Pavlova:
5 claras
220g de açúcar
2 colheres de chá de amido de milho (Maisena)
2 colheres de chá de vinagre de vinho branco

Mousse de Chocolate:
100g de chocolate negro
3 ovos

125 g de framboesas frescas
200g de morangos
Açúcar em pó q.b.

Preparação:

Ligue o forno r regule-o para 150ºC.
Bata as claras em castelo, mas não as deixe ficar demasiado duras. Acrescente depois o açúcar, aos poucos e poucos, batendo com a batedeira eletrica entre cada adição de açúcar. As claras devem ficar duras e brilhantes. Junte agora o amido de milho peneirado e o vinagre e mexa bem com uma vara de arames para envolver muito bem.
Forre um tabuleiro com papel vegetal e desenhe um circulo com 18cm de diâmetro. Coloque as claras dentro desse circulo e com a ajuda de uma espátula molde as claras de modo a ficarem dentro do circulo. Coloque a pavlova no forno e reduza-o para 120ºC. Deixe cozinhar a durante 1h20 e evite abrir muitas vezes a porta do forno. Ao fim desse tempo desligue o forno e deixe-a arrefecer completamente lá dentro antes de a retirar.
Para a mouse de chocolate, comece por derreter o chocolate em banho maria ou no micro-ondas. Junte-lhe depois as 3 gemas, misturando bem e envolva depois as 3 claras previamente batidas em castelo. (Não é necessário juntar qualquer tipo de açúcar ou de manteiga!) Reserve no frigorífico até necessitar.
Mesmo antes de servir cubra a pavlova com a mousse de chocolate e decore depois com morangos e as framboesas polvilhando comum pouco de açúcar em pó para decorar.

Bom Apetite!

26 comentários:

  1. Mas que bela Pavlova, tenho de experimentar fazer, bjokitas

    ResponderEliminar
  2. Alexandra Feliciano09:21

    É isso mesmo Joana, não vale a pena gastar energias com pessoas mesquinhas. Vale sim a pena falar de coisas muito boas como esta bela pavlova que está magnífica :)
    Eu já fiz várias e as minhas não sei porquê racham sempre, mas nunca fiz com mousse. Esta de certeza que vou experimentar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Uma receita magnífica! Eu adoro o teu blog!

    ResponderEliminar
  4. Há pessoas com uma lata! Realmente....
    A pavlova é um dos meus doces preferidos. Já fiz essa e a de chocolate mais que uma vez, e faz sempre sucesso quando outros a provam.
    bj

    ResponderEliminar
  5. Essas pessoas não valem um segundo de tempo...não têm mais nada que fazer, estão descontentes com a própria vida e a única coisa que as faz sentir melhor é ser mesquinhas.

    Este blog é uma tab permanentemente aberta no meu browser, juntamente com os livros, tem sido sido uma ajuda imprescindível. Espero que continue por muito tempo ^^

    ResponderEliminar
  6. Anónimo11:45

    Não vale a pena perder tempo com essas pessoas. São pessoas que não têm nada para fazer. A pavlova tem um aspecto delicioso, e o que conta é o sabor. Não deve ter sobrado nem uma migalha! Um grande beijinho, Sara Oliveira

    ResponderEliminar
  7. Anónimo11:45

    Joana um dia um dos meus filhos disse-me mãe as palavras das pessoas que nós gostamos magoam-nos,as palavras dos outros que não nos conhecem são nos insignificantes...por isso há muitas pessoas que adoram seu trabalho e vem aqui todos dias buscar ideas trocar sabedoria e aprender algo de novo um bem haje pela sua existência...obrigada beijinhos da Lua.

    ResponderEliminar
  8. Também sou da opinião que há muita gente por aí com falta de certas coisas...e depois dá-lhes para dispararem veneno em todas as direcções. Lá diz o outro: quando a vida dos outros começa a interessar-te, é porque a tua deixou de existir...enfim...
    Ai, pavlovas...que maravilha! Mas o chocolate não a deixou doce demais?

    ResponderEliminar
  9. Que aspecto delicoso :)

    Quanto a pessoas parvas, não percas o teu precioso tempo :) é demasiado valioso

    http://entretralhasepanelas.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. esta imagem deu-me vontade de comer o ecra do pc. tem um aspecto maravilhoso.
    quanto às pessoas que não merecem a pena, acho que nem devia falar de tal coisa. ignore por completo, porque ao falar aqui já está a dar importância e a mostrar que incomoda e chateia. força nisso. ;) beijinho.

    ResponderEliminar
  11. É esse o espírito, só nos focar no que nos faz bem ;)
    A pavlova está com uma aspecto maravilhoso. Já tentei fazer uma, mas rachou por completo e não ficou muito bonita.
    Bjs

    ResponderEliminar
  12. Adoro Pavlovas, Amo o seu Blog. Venho diariamente "cuscar" as suas coisinhas. Acho que apesar das receitas partilhe com os seus seguidores a suas coisas. Já dizia a minha mãe o silêncio e o desprezo são uma resposta sábia. Continuo com excelente trabalho. Bem Haja....

    ResponderEliminar
  13. gosh...que delicia :p

    viagemdoceviagem.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. Não vale a pena dispender tempo com quem não o merece :)
    Adorei a pavlova, está mesmo bonita e com um aspecto delicioso!
    http://acozinhadaovelhanegra.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. Anónimo17:54

    minha krida!
    é a primeira vez que comento, mas venho cá todos os dias, porque adoro as suas receitas...sabe que mais? É só inveja!!!!

    ResponderEliminar
  16. Boa tarde,
    Costumo fazer pavlovas e, de facto, fazem sempre sucesso, nunca sobra...lol
    No entanto, as minhas ficam sempre mais baixas, nunca ficam assim altas... como faz?

    Gosto muito do seu blogue :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Joana! é desta que me aventuro numa pavlova!!! mesmo que rachada, o importante é experimentar. Quanto ao momento desagradável que antecede a receita apenas transcrevo uma coisa que a Coco Chanel um dia disse : " Não me importa o que pensas sobre mim, porque eu nem se quer penso em ti!"
    O resto de um dia bom, e,... venham mais Pavlovas rachadas!!!!!

    ResponderEliminar
  18. Eu nunca fiz Pavlova, mas tenho uma irmã que as faz com muito sucesso e eu adoro. Vou levar a receita da tua e, quem sabe se nesta Páscoa não me aventuro?...
    Será que a tua se partiu por o forno estar mais quente do que o necessário?
    Quanto ao resto, ignora porque "para palavras loucas, orelhas moucas".
    Comentários desses, apago-os sempre pois não têm direito a existir.
    Beijinhos da Bombom

    ResponderEliminar
  19. Xiiiiiii pavlova e mousse? A pessoa não se aguenta e começa a salivar e a babar!
    Linda.

    ResponderEliminar
  20. Adoro pavlova e já fiz algumas.
    Gostei da sugestão do chocolate :)

    https://www.facebook.com/Sist.2it

    ResponderEliminar
  21. Que aspeto maravilhoso… Sigo o seu blog religiosamente :) Vou experimentar esta, sem dúvida.

    ResponderEliminar
  22. Anónimo10:10

    A Joana é fantástica e os seus trabalhos também, não tem com o que se preocupar. Continue!
    Ah e as pavlovas que faço ficam sempre óptimas. Tirei a receita aqui do seu blog e são uma opção segura para encantar todos os lambareiros. :-)

    ResponderEliminar
  23. Adorei a introdução e, claro, a receita :) Tb acho incompreensível visitar blogs à procura de coisas más para dizer, enfim... Só fiz pavlova uma vez e ñ correu mt bem, abateu... Desde então tenho tido imensa vontade de voltar a tentar, mas ainda ñ foi o momento... Se calhar vou fazer esta tua versão, pq como dizes: chocolate e frutos vermelhos combinam maravilhosamente bem :) Bjinhos e bom fds!

    ResponderEliminar
  24. Muito bom aspecto

    www.m4food.com

    ResponderEliminar
  25. Ana Margarida18:29

    Joana há muito que sigo o blog e adquiri os teus livros, que desde já acho deliciosos.
    Já foram muitas as vezes que estive para comentar mas este teu comentário tocou-me... estou a passar pela descoberta de alguém assim, uma pessoazinha que faz (fazia) parte da minha vida, da familia do meu companheiro e que tanto ajudei.
    É triste ver que certas pessoas ao invés de valores puros regem-se por uma tábua de interesses para com os outros.
    Mas é muito bom por outro lado saber que há pessoas como nós, que nos magoamos com essa gentinha mas que somos fiéis a nós próprios.
    Venha lá essa pavlova!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  26. Olá Joana,
    Obrigada pela receita. Será possível dizer que modo utiliza no seu forno para a pavlova? o meu forno aquece muito e facilmente queima se uso calor por baixo e por cima, ficando amarela em vez de branca. no entanto, não sei se a circulação de ar será adequada.
    obrigada,
    Filipa

    ResponderEliminar