quinta-feira, maio 31, 2012

E o blogue fez 6 anos...

No passado dia 25 de Maio, fez exatamente 6 anos que comecei este blogue. E não sei como, a data passou-me completamente ao lado. Mas nunca é tarde para comemorar!
Quando comecei quem diria que haviam de passar 6 anos e tantas coisas boas entre as quais dois livros, uma página no facebook cheia de fans, e tantos seguidores.
Quero por isso, e uma vez mais, agradecer-vos a todos! Pelas palavras, carinho e amizade que têm demonstrado ao longo destes anos. Por acharem que vale a pena esta partilha e estas receitas. Por ainda continuarem desse lado quando há tanta escolha e tantos outros blogues, muitos deles melhores que o "As Minhas Receitas".
Os parabéns não são para o blogue e muito menos para mim. São para todos os que passam por aqui todos os dias. Os que gostam de comentar e os que nem por isso. Os que experimentam as receitas e os que apenas vêm ver. Os que se inspiram e os que não precisam de inspiração. Os que gostam muito e os que gostam mais ou menos. Os que me percebem e os que nem por isso.
Parabéns a todos, porque juntos fizemos 6 anos. Obrigada!

quarta-feira, maio 30, 2012

Queques de Tangerina com Amêndoa e Feira do Livro do Porto

Estes queques podiam perfeitamente fazer parte da cestinha da merenda que o Capuchinho Vermelho levava a caminho de casa da avó. Foi exatamente isso que pensei enquanto os preparava... Mas a verdadeira razão para os fazer prendeu-se com coisas mais mundanas. Três tristes e feias tangerinas na fruteira e um episódio de "Donas de Casa Desesperadas". Na realidade tenho qualquer coisa de Bree Van De Kamp, com a mania de solucionar tudo com presentes caseiros e com o gosto pela cozinha.
E o resultado de ver a Bree com um lindo cesto de de muffins e de ter três feias tangerinas na fruteira foi este: uns queques para qualquer ocasião.

E para depois não dizerem que eu não aviso, este sábado, dia 2 de Junho, vou estar na Feira do Livro no Porto, no stand da Esfera dos Livros, a partir das 16h30. Apareçam por lá!

Ingredientes para 10 queques:

150g de manteiga
200g de farinha
125g de açúcar
2 colheres de chá de fermento em pó
3 ovos
3 tangerinas
50g de amêndoa laminada

Preparação:

Numa taça junte a manteiga amolecida juntamente com os ovos e o açúcar e misture bem. Acrescente depois a farinha, o fermento e o sumo das 3 tangerinas. Envolva bem até obter uma massa lisa.
Forre um tabuleiro de queques (ou formas individuais) com forminhas de papel frisado e divida a mistura anterior, até 2/3 de altura, pelas forminhas de papel.
Polvilhe depois com a amêndoa laminada e leve ao forno pré-aquecido a 180ºC durante cerca de 20 minutos.
Retire e deixe arrefecer antes de guardar numa caixa hermética. Ideais para saborear ao lanche, ou para levar na marmita para a escola ou trabalho.

Bom Apetite!

terça-feira, maio 29, 2012

Espargos Grelhados com Presunto

Gosto de receitas simples, pessoas simples e de uma vida simples. Da simplicidade em estar com os meus amigos apenas porque sim, e de combinarmos jantares a muitas mãos em vez de irmos comer fora. De  beber uma chávena de café com leite ao pequeno almoço e comer uma torrada, sentada na minha varanda enquanto o sol me aquece o rosto em vez de ir tomar o pequeno almoço ao sítio mais in da cidade. De ficar em casa num sábado à noite a ver um filme com o M. em vez de sair para os sítios badalados. De sair de casa de cara lavada, calças de ganga e sabrinas porque é assim que me sinto confortável e não estar nada preocupada com as tendências da moda actual. De cozinhar e partilhar receitas simples mesmo que estas não tenham nada que saber.

Ingredientes para 2 pessoas:

10 espargos verdes  (frescos e não de conserva)
5 fatias de presunto fininhas
azeite q.b.
pimenta q.b.

Preparação:

Lave os espargos e prepare-os cortanto a parte mais dura e fibrosa do caule (que poderá utilizar mais tarde para fazer um creme de legumes ou para um caldo de legumes).
Entretanto leve uma frigideira ou uma chapa anti-aderente ao lume e coloque-lhe um fio de azeite (não é preciso muito, só mesmo um fiozinho!) Deixe aquecer bem e junte os espargos deixando-os grelhar cerca de 4 minutos, de modo a que fiquem cozinhados mas ainda crocantes. Tempere-os com um pouco de pimenta. Retire-os e deixe arrefecer um pouco.
Entretanto corte as fatias de presunto ao meio, no sentido do comprimento e enrole cuidadosamente cada espargo numa fatia de presunto, colocando-os depois num prato de servir. Repita até ter esgotado todos os ingredientes. Regue com um fio de azeite e, se gostar poderá salpicar com queijo parmesão acabado de ralar.
Sirva como entrada, ou como refeição ligeira acompanhada com pão fresco.

Bom Apetite!

segunda-feira, maio 28, 2012

Flans de Atum com Tomate Cereja e Coentros

Os dias têm passado muito depressa. No sábado o casamento dos amigos LM e R. - e como eu gosto de ir aos casamentos dos meus amigos,  de os sentir felizes e de poder partilhar com eles esse dia tão importante, nem que isso signifique fazer 400km. Cheguei a casa cansada e sem sentir os pés depois de ter andado a dançar descalça...Mas, como eu costumo dizer, só é um casamento divertido se eu sair de sapatos na mão! No domingo, acordar cedo  para estar com os "meus meninos" e vê-los a alcançar mais uma etapa. Senti que, mais uma vez cumpri o meu dever. E como eles estavam perfeitos no seu dia do Crisma.
Assim, tão depressa, se passou o meu fim de semana. Mas claro que no domingo à tarde ainda houve tempo para estar na cozinha, ou o fim de semana não estaria completo. E lá saíram uns saborosos flans de atum com tomate e coentros!

Ingredientes para 2 pessoas:

1 lata de atum em azeite
8 tomates cereja
2 ovos
75ml de leite
sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de coentros frescos picados

Preparação:

Escorra o atum e lave os tomates cereja.
Numa taça misture os ovos com o leite e tempere com um pouco de sal e pimenta. Acrescente depois os coentros frescos picados, os tomates cortados ao meio e o atum esfarelado com um garfo. Misture bem e divida a mistura por duas taças (ramequins) que possam ir ao forno e à mesa.
Coloque as tacinhas com a mistura para o flan num tabuleiro com água e leve tudo ao forno previamente aquecido a 180ºC, durante 15 a 20 minutos.
Retire do forno e sirva com uma salada verde.

Bom Apetite!

sexta-feira, maio 25, 2012

Bifinhos Louros com Couves de Bruxelas Salteadas

Nem todos somos obrigados a gostar de cozinhar. Eu sei disso. Compreendo e respeito o facto de não sermos todos iguais nem de partilharmos todos os mesmos gostos. Mas depois há aquelas pessoas que fazem comentários tristes e que me tiram completamente do sério. Que olham para mim como se eu fosse uma ave rara e vivesse no século passado. Ou numa comunidade Amish. Isto tudo porque digo que faço pão em casa, iogurtes, bolos, bolachas e até comida para ter congelada e pronta a usar. Viram-se para mim e perguntam-me se nunca ouvi falar em take-away e padarias. Ou então, pior ainda, respondem-me que me dou a esse trabalho porque não devo ter mais para fazer ao tempo, e que eu precisava era de ter a vida delas. O que elas não percebem, ou não querem perceber, é que eu tenho um enorme prazer em tudo isto. E foi esse prazer que me levou a criar este blogue e que, consequentemente me deu a oportunidade de editar dois livros. E melhor ainda, que me permite, pelo menos por agora, ter um trabalho que me dá a possibilidade de não ter horários mas que principalmente, é apenas fazer o que gosto e o que me dá prazer quando quero. Isto é: cozinhar, fazer pão, bolos, bolachas e estes bifinhos louros com couves de bruxelas salteadas que estavam deliciosos. E de poder partilhar tudo com quem compreende!

Ingredientes para 2 pessoas:

4 a 6 bifinhos de porco do cachaço
3 dentes de alho
sal e pimenta q.b.
1 limão
1 folha de louro
2 colheres de sopa de whisky
tabasco q.b.
azeite q.b.
200g de couves de bruxelas (usei congeladas)

Preparação:

Tempere os bifinhos com os dentes de alho esmagados, sal, sumo de um limão e a folha de louro partida em pedaços, Deixe ficar a marinar pelo menos 15 minutos.
Entretanto coza as couves de bruxelas, preferencialmente ao vapor, mas de modo a que não fiquem demasiado cozidas. Devem estar ainda firmes quando as tirar. Corte-as ao meio e reserve.
Leve depois uma frigideira anti-aderente ao lume com 1 colher de sopa de azeite. Deixe aquecer e cozinhe os  bifinhos, juntamente com a marinada, até ficarem louros. Acrescente depois o tabasco a gosto e o whisky e cuidadosamente pegue fogo à frigideira, flambeando os bifinhos. Retire os bifinhos e reserve-os deixando os sucos todos na frigideira. Junte agora à frigideira as couves de bruxelas e deixe-as saltear juntando um pouco de pimenta.
Sirva os bifinhos com as couves de bruxelas e, se gostar, polvilhe com um pouco de coentros frescos picados. Poderá servir ainda com um pouco de arroz.

Bom Apetite!

quinta-feira, maio 24, 2012

Creme Doce de Abóbora

O facto de congelar o excesso de todos os legumes que chegam cá a casa tem destas coisas. Mesmo depois das compotas, queques, tartes e sopas há uma gaveta do congelador cheia de abóbora em cubinhos para as sopas. Mais concretamente 8 sacos. Ou melhor eram 8 sacos.
No fim de semana a tarefa foi desimpedir a arca de tanta abóbora. Deixei ficar apenas 3 sacos e quanto aos restantes deixei-os a descongelar. Com uma parte fiz uma compota de abóbora congelada (receita aqui), e fiquei com mais uns frasquinhos para oferecer.
 Com a restante lembrei-me de inventar um pouco e preparei algo de diferente, um creme doce de abóbora assim entre um curd e uma compota. O resultado foi surpreendentemente saboroso e, pessoalmente acho que fica delicioso servido assim mesmo, simplesmente polvilhado com canela. No entanto acho que pode ser usado como os restantes curds: como recheio e cobertura de bolos, tarteletes, crepes e waffles. Experimentem!

Ingredientes para 3 frascos de 220ml:

700g de abóbora cozida e reduzida a puré (pesada bem escorrida)
160g de manteiga
3 ovos
300g de açúcar

Preparação:

Num tacho colocar o puré de abóbora, a manteiga partida em cubinhos e o açúcar. Misturar bem e levar ao lume até levantar fervura e o açúcar e a manteiga estarem bem incorporados.
Entretanto bata os ovos inteiros e incorpore-os no preparado anterior sem parar de mexer. Leve novamente ao lume continuando a mexer até o creme engrossar. Se necessário bata a misturar com a varinha mágica ou o robot de cozinha para obter um creme fino.
Coloque depois o creme em frascos esterilizados e guarde-os no frigorífico até utilizar. (Devem durar 2 ou 3 meses no frigorífico).

Bom Apetite!

quarta-feira, maio 23, 2012

Hamburguers de Frango Aromáticos

Cá em casa os hamburguers nunca se compram feitos. Fazem-se por aqui, ao sabor dos ingredientes que temos e dos sabores preferidos. Fazem-se sempre a mais e congelam-se para outros dias ou emergências, sabendo assim que há sempre algo saboroso e rápido pronto a sair do congelador e a alimentar bocas famintas, sem necessidade de take-away ou fast food. E melhor para a carteira e certamente para o nosso organismo.
Desta vez uns aromáticos hamburguers de frango que foram uma refeição deliciosa e muito rápida.

Ingredientes para 4 unidades:

400g de peito de frango picado (peçam no talho para picar o peito de frango, ou usem o vosso robot de cozinha)
1 cebola pequena
20g de coentros frescos
2 dentes de alho
1/2 limão
1 pedacinho de 1cm de raiz de gengibre
sal e pimenta q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Pique a cebola finamente assim como os coentros frescos. Numa taça coloque o peito de frango picado e junte-lhe a cebola e os coentros picados. Acrescente depois os dentes de alho ralados ou bem esmagados no almofariz, assim como o gengibre. Tempere com a raspa de limão, sal e pimenta e misture bem.
Divida depois a mistura em 4 partes iguais e forme 4 hamburguers.
Leve depois uma chapa ou uma frigideira anti aderente ao lume com um fio de azeite e cozinhe os hamburguers cerca de 5 minutos de cada lado ou até estarem prontos.
Sirva com arroz basmati e uma salada de tomate cereja.

Bom Apetite!

terça-feira, maio 22, 2012

Ovos Escalfados Gratinados com Espinafres e Cogumelos

Há uns tempos vi o  Henrique Sá Pessoa a fazer uns ovos com molho bechamel e lembrei-me de imediato de uma outra receita que costumo fazer - e que por acaso está no "Cozinhar, Celebrar e Partilhar" - com ovos cozidos sobre espinafres ou grelos e gratinados também com um pouco de molho bechámel. A ideia de fazer com os ovos escalfados estava "plantada" e assim preparei esta receita, ideal para os jantares de domingo no sofá ou uma refeição simples durante a semana.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 ovos
sal e pimenta q.b.
2 dentes de alho
150g de espinafres em folha (congelados ou frescos)
8 cogumelos
azeite q.b.
150ml de Molho bechamel (pode usar de compras, mas o caseiro é sempre melhor)

Preparação:

Leve um tacho ao lume com água temperada de sal, Assim que estiver a ferver, misture-a com uma vara de arames de modo a formar um remoinho. Abra o ovo directamente para o remoinho e deixe-o escalfar durante 3 minutos. Retire com a ajuda de uma colher perfurada e reserve. Repita para o outro ovo.
Entretanto leve uma frigideira ao lume com um pouco de azeite. Acrescente os alhos picados e os cogumelos laminados deixando saltear em lume forte. Acrescente depois os espinafres (se estiver a usar espinafres congelados cozinhe-os durante 2 minutos no microondas em potencia máxima - assim descongelam e ficam prontos a saltear depois de bem escorridos) e tempere de sal e pimenta e deixe cozinhar.
Coloque em dois pratos que possam ir ao forno os espinafres e cogumelos e sobre estes o ovo gratinado. Cubra depois com metade do molho bechámel. Leve depois a gratinar em forno pré aquecido alguns minutos.
Sirva quente. Se quiser transformar num prato principal sirva com arroz branco.

Bom Apetite!

segunda-feira, maio 21, 2012

Frango com Molho de Leitão

A ementa para o almoço de sábado há muito que estava decidida. Peixinho grelhado com umas batatinhas e uma salada de alface (da mini-horta!). Tudo parecia tão simples até ao telefonema do M. a dizer que íamos ter o L. e a D. a almoçar connosco. Ora o peixe tinha sido comprado para dois e certamente não ia dar para quatro. Não me apetecia ir às compras e resolvi fazer o almoço com os ingredientes que já tinha em casa. Ainda pensei em fazer um prato de bacalhau mas rapidamente mudei de ideias e decidi-me pelo frango (pois, nada original mas sempre consensual, e rápido de preparar o que era importante naquele dia).
Ó que acabei de fazer foi um aproveitamento de algo bastante comum aqui nesta zona: molho de leitão. Para quem como eu mora numa zona onde o leitão à bairrada é quase sempre comida de festa, e é facil e normal ir comprar leitão para celebrar sabe que, juntamente com o leitão vem sempre a caixinha com o molho. Que sobra sempre.
Pois eu aproveitei esse molho, que tinha congelado, para preparar esta simples receita. Pode não ser - e não é certamente  - a coisa mais saudável do mundo, mas é uma forma de não desperdiçar o molho e fica uma versão muito saborosa de frango. A quem não consegue com facilidade o molho de leitão, fica também a receita, para que isso não seja motivo de não prepararem este frango.

Ingredientes para 4 pessoas:

1 frango, com cerca de 1,4kg, partido em pequenos pedaços
150ml de molho de leitão à bairrada*

Preparação:

Numa assadeira coloque o frango já partido em pequenos pedaços e envolva-o bem no molho de leitão. Deixe marinar cerca de 2 horas.
Pré-aqueça depois o forno a 180ºC e leve o frango (juntamente com o molho) a assar, virando o frango de vez em quando e regando-o com o molho até ficar bem tostadinho.
Sirva depois com uma salada verde e arroz branco ou umas batatas pala-pala caseiras.

* Para uma versão caseira de molho de leitão pise num almofariz até formar uma massa 8 dentes de alho, 1 colher de sopa rasa de sal, 1 colherzinha de chá de pimenta preta moída, 50g de banha de porco de boa qualidade. Junte depois 1 colher de sopa de azeite e uma colher de sopa de vinho branco. (adaptado de Cozinha Tradicional Portuguesa, Maria de Lourdes Modesto)
A diferença deste tempero para o molho de leitão que eu usei, é que o molho de leitão é recolhido durante a assadura do leitão e também durante a fase da "sangria" (em que se escorre o molho líquido que se formou na barriga). É portanto um molho já cozinhado, ao contrário deste tempero que é uma aproximação ao tempero do leitão em cru.

Bom Apetite!

sexta-feira, maio 18, 2012

Queques de Banana e Canela

Uma semana que começa doce tem que terminar doce! É por isso que, ao contrário do que é normal, esta semana quase que só teve direito a coisas doces...
Desta vez uns queques de banana e canela para gastar umas bananas que se estavam a estragar (e para mais sugestões sobre o que fazer às bananas vejam aqui). Ficaram muito bonitos e deixaram um cheiro delicioso cá por casa. E o melhor destas coisas doces é serem perfeitas para partilhar, desta vez com os meus pais e a minha irmã... E os restantes podem sempre congelar para comer fresquinhos durante a semana e colocar nas lancheiras. Aqui fica a minha sugestão para o fim de semana.
Além disso queria voltar a convidar-vos para irem hoje até à FNAC de Leiria, pelas 21h, para mais uma apresentação do "Cozinhar, Celebrar e Partilhar". Já sabem como gostaria de vos conhecer!

Ingredientes para 12 queques:
(adaptado de "Confeitaria Hummingbird - receitas de sonho" pág. 125)

350g de farinha
1 colher e meia de chá de fermento em pó
1/2 colher de chá de bicarbonato de sódio
2 colheres de sopa de canela em pó
160g de açúcar
375ml de leite misturado com 2 colheres de sopa de sumo de limão (para formar buttermilk ou soro de leite)
1 ovo
1/2 colher de chá de essência de baunilha
70g de manteiga derretida
400g de banana esmagada
açúcar + canela para polvilhar

Preparação:

Numa taça misture a farinha com o açúcar, o bicarbonato, o fermento e a canela e envolva bem. Num jarro junte a mistura de  leite com o sumo de limão, o ovo e a essência de baunilha e misture. Junte então as duas misturas envolvendo bem até ficarem bem incorporadas.
Acrescente depois a a manteiga derretida e as bananas esmagadas envolvendo.
Forre depois uma tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e divida a mistura de banana e canela pelas formas. Polvilhe depois com uma mistura de açúcar e canela e leve ao forno pré-aquecido a 170ºC cerca de 20-30 minutos até ficarem dourados.
Deixe arrefecerem alguns minutos antes de os retirar do tabuleiro.

Bom Apetite!

quinta-feira, maio 17, 2012

Bolachinhas de Avelã e Café

Ao fim de algum tempo sem aparecerem por aqui, surge uma receita de bolachinhas.
Bolachas preparadas de propósito para levar a pessoas muito queridas e especiais. Bolachas para mimar, agradecer e partilhar. As habituais bolachas que tento que não faltem a cada visita, e que sei serem  esperadas assim que passo a porta. Não é muito, são apenas bolachas preparadas com carinho. O mesmo que recebo a cada visita. E esta continua a ser a minha maneira favorita de presentear quem eu gosto. Porque há coisas que não mudam... só mesmo as receitas! (E esta, como não leva ovos, é perfeita para quem não os pode comer.)

Ingredientes para cerca de 24 bolachinhas:
(adaptado de "Home Cooking" - Rachel Allen, pág. 275)

100g de manteiga
200g de farinha
2 colheres de chá de fermento em pó
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
100g de açúcar amarelo
2 colheres de sopa de café em pó instantâneo
30g de avelãs tostadas e picadas
4 colheres de sopa de Golden Syrup (podem substituir por mel)

Preparação:

No robot de cozinha coloque a manteiga partida em pedaços pequenos, a farinha, o fermento e o bicarbonato de sódio. Ligue o robot e misture até obter uma espécie de migalhas grossas. Junte agora o açúcar, o café em pó, as avelãs e o golden syrup ou mel. Volte a ligar o robot para misturar e envolver tudo. Retire a mistura do robot e forme uma bola de massa. É natural que a misture esfarele um pouco e seja difícil de formar numa bola mas é mesmo assim.
Forme depois cerca de  24 bolinhas do tamanho de nozes e coloque-as num tabuleiro forrado com papel vegetal, devidamente separadas entre si, e achate-as ligeiramente
Leve ao forno, previamente aquecido a 180ºC, cerca de 12 a 15 minutos até ficarem douradas e um pouco "rachadas".
Retire do forno e deixe arrefecer uns minutos antes de as retirar do tabuleiro. Deixe-as arrefecer completamente antes de as guardar numa caixa hermética.

Bom Apetite!

quarta-feira, maio 16, 2012

Frango com Molho Rápido de Manjericão

A cozinha de todos os dias quer-se rápida. E de preferência saudável, nutritiva e que agrade a toda a família. Muitas vezes outras preparações levam a melhor. Porque é tarde, porque estamos cansados ou simplesmente porque nem sabemos o que fazer para o jantar.  É por isso que sou apologista das ementas semanais, das listas de compras e de termos sempre alguns "truques" na manga, ou melhor na despensa. Cá em casa há coisas que nunca faltam: tomate pelado, grão ou feijão pronto a usar, atum, massas diversas, arroz, especiarias, e alguns  molhos que servem, não para acompanhar, mas para rapidamente transformarem os alimentos em algo diferente. É o caso da mostarda de Dijon e do molho pesto (um molho à base de manjericão, queijo parmesão, azeite e pinhões). E foi o pesto que tornou este simples e banal frango grelhado numa refeição diferente e muito perfumada, perfeita para a primavera e os dias de calor.
Apesar de preferir preparar o meu próprio molho pesto, um frasco de molho de compra sempre à disposição na despensa ou n o frigorífico é uma solução simples e rápida para a cozinha de todos os dias. Quer seja para barrar em pizzas, para juntar a uma simples massa cozida ou para fazer um molho para temperar frango grelhado.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 perninhas de frango + 2 coxas
sal e pimenta q.b.
100ml de vinho branco
1 limão
2 dentes de alho
1 colher de sopa de molho pesto (usei de compra mas também podem usar caseiro)
30ml de azeite

Preparação:

Tempere o frango com sal, pimenta, os dentes de alho em pedaços, sumo de meio limão e o vinho branco. Deixe marinar no mínimo 15 minutos, mas se tiver mais tempo 1 ou 2 horas.
Numa chapa de grelhar no fogão (ou nas brasas, se preferir e o tempo permitir) grelhe o frango até que este fique bem cozinhado.(E não se distraia ao telefone para que não fique um pouco queimado como o meu!)
Para preparar o molho de manjericão simplesmente misture o molho pesto com o azeite e 1 colher de sopa de sumo de limão. Misture bem e verta sobre o frango antes de servir.
Acompanhe com uma salada verde e arroz branco.

Bom Apetite!

terça-feira, maio 15, 2012

Curd de Lima

Eu bem dizia que havia de fazer o curd de lima... Não é meu feitio deixar estragar nada e as pobres das limas já estavam a ficar tão amareladas e feiotas, que só podiam acabar num curd que pode sempre ser utilizado noutras ocasiões.
A receita não tem nada que saber. Segue as mesmas "regras" dos outros curds (ou coalhadas usando a expressão portuguesa!): manteiga, açúcar, ovos, sumo e raspa de citrinos. Mas aqui fica a sugestão para quando sobram (muitas) limas. Afinal nem todas foram parar às caipirinhas....

Ingredientes para 3 frascos de 200ml:

8 limas
300g de açúcar
4 ovos
100g de manteiga sem sal

Preparação:

Lave bem as limas. Rale-lhes  a casca e aproveite o sumo.
Num tachinho coloque então a raspa da casca das limas bem como o sumo, a manteiga cortada em pedacinhos e o açúcar. Leve ao lume até o açúcar e a manteiga derreterem e sem deixar ferver. Retire do lume.
Entretanto bata os ovos e junte-os em fio e sem parar de mexer à mistura anterior. Leve novamente ao lume e, mexendo sempre, deixe a mistura engrossar até cobrir as costas da colher.
Coloque agora o curd em frascos previamente lavados e esterilizados e feche-os bem. Deixe arrefecer e guarde o curd de lima no frigorífico onde aguentará durante várias semanas.
Utilize depois para recheios de bolos e crepes, para fazer mousses e tartes, com iogurte ou como complemento de outras sobremesas.

Bom Apetite!

segunda-feira, maio 14, 2012

Barras Doces de Citrinos

Esta semana começa doce. Depois de um fim de semana preenchido entre o primeiro almoço na varanda, um jantar de "Sábado a 6" delicioso e perfeito para petiscar e um domingo com um convite para almoçar na praia da tocha com amigos. Tudo à volta da mesa, da partilha e da celebração entre amigos.
Por isso a minha semana começa doce, com umas barrinhas de citrinos de que todos gostaram e que mostraram perfeitas e deliciosas!

Ingredientes:
(in Good Food, June 2012, pág. 68)

Base
250g de farinha
85g de açúcar em pó
175g de manteiga

Cobertura
2 limões
1 laranja
4 ovos
300g de açúcar (a receita pede 400g mas não necessita de tanto açúcar)
50g de farinha
açúcar em pó para polvilhar

Preparação:

Forre um tabuleiro rectangular com papel vegetal e reserve.
Entretanto comece por preparar a base. No robot de cozinha misture a farinha com o açúcar em pó e a manteiga partida em pedaços e misture até obter uma espécie de areia grossa. Coloque a mistura na forma preparada e com a ajuda das mãos espalhe-a pelo tabuleiro pressionando de modo a formar uma base. leve depois ao forno previamente aquecido a 180ºC , cerca de 20-25 minutos até a base estar cozinhada e ligeiramente dourada.
Entretanto raspe a casca da laranja e dos limões e reserve. Esprema também o sumo dos citrinos e meça 120ml.
Numa taça misture os ovos com o açúcar e com a batedeira eletrica bata durante um minuto. Adicione depois a raspa e o sumo reservado e a farinha e volte a bater apenas para misturar.
Coloque então esta mistura sobre a base de bolacha e leve novamente ao forno (cerca de 15 minutos) até cozinhar e a cobertura ficar dourada. Retire de deixe arrefecer completamente dentro do tabuleiro.
Desenforme depois de arrefecido e polvilhe abundantemente com açúcar em pó. Corte depois em barritas ou quadrados do mesmo tamanho.

Bom Apetite!

sexta-feira, maio 11, 2012

Coalhada de Laranja (Curd de Laranja)

A ideia era fazer curd de limão para renovar o stock e dar uso aos limões e ovos caseiros. Depois mudei de ideias e decidi antes aproveitar as limas, que estão a começar a perder cor, e que andam perdidas na fruteira desde um dos últimos jantares comunitários quando decidimos fazer caipirinhas. Mas, de repente olhei para as laranjas e acabei por me decidir - coalhada de laranja. Claro que durante o fim de semana vou fazer de lima e muito provavelmente de limão. Mas desta vez foi a laranja que saiu vencedora....
E agora são muitas as ideias de como aproveitar da melhor forma esta coalhada. Já estou a imaginar umas waffles acabadas de fazer, acompanhadas de umas colheradas deste curd de laranja para o pequeno almoço de sábado!
E hoje estarei no El Corte Ingles de Gaia-Porto, pelas 18h30, num pequeno workshop e respectiva sessão de autografos. Até lá.

Ingredientes para 2 frascos de 200ml:

2 laranjas grandes e sumarentas
2 ovos inteiros + 1 gema
75g de manteiga
125g de açúcar

Preparação:

Lave bem as laranjas e seque-as com papel de cozinha. Num tachinho coloque o açúcar, a raspa e o sumo das duas laranjas e a manteiga partida em pedaços pequenos.
Leve o tacho a lume brando, mexendo bem até a manteiga e o açúcar estarem derretidos.
Entretanto bata os 2 ovos com a gema. Retire a mistura anterior do lume e, com a ajuda de uma vara de arames junte os ovos batidos sem parar de mexer. Leve novamente a lume brando, sem parar de mexer, até a mistura engrossar e cobrir as costas da colher.
Retire do lume e coloque a coalhada em frascos previamente esterilizados. Deixe arrefecer e guarde no frigorífico onde se conserva em boas condições durante algumas semanas.
Sirva com gelado de baunilha, com crepes ou waffles ou como recheio e cobertura de bolos.

Bom Apetite!

quinta-feira, maio 10, 2012

Caril Rápido de Pescada com Espinafres

Nos últimos tempos confesso que a criatividade e as ideias na cozinha me pareceram estar a faltar mas, aos  poucos, começo a ter novamente inspiração para cozinhar e ideias novas todos os dias. Tenho até algumas folhas do meu pequeno caderno cheio de ideias, combinações de ingredientes e até algumas receitas rabiscadas.
Desta vez foram uns lombinhos de pescada que acabaram num caril rápido com espinafres, numa refeição nutritiva e saborosa perfeita para um jantar semanal. Além disso as sobras são perfeitas para levar na lancheira para o dia seguinte, ou para transformar nuns pasteis rápidos preparados com massa folhada. Ficam as sugestões!

Ingredientes para 2 pessoas:

4 lombinhos de pescada (ou outro peixe branco sem pele e espinhas)
1 colher de sopa de azeite
1 cebola
1 dente de alho
1 colher de chá de açafrão das índias
1 colher de chá de pó de caril
200ml de leite de coco
125g de espinafres congelados
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Pique a cebola e o dente de alho. Num tacho coloque o azeite e refogue a cebola e o alho previamente picados. Acrescente o pó de caril e o açafrão e deixe refogar durante alguns minutos em lume brando, mexendo sempre para não agarrar. Acrescente o leite de coco e tempere com um pouco de sal e pimenta.
Junte depois os lombinhos de pescada e os espinafres previamente descongelados e bem espremidos (poderá usar o microondas para descongelar rapidamente os espinafres, bastando para isso cozinhar os espinafres ainda congelados cerca de 3 minutos em potência máxima).
Tape e deixe cozinhar cerca de 10 minutos em lume brando.
Sirva com arroz basmati ou thai jasmim.

Bom Apetite!

quarta-feira, maio 09, 2012

Peru Salteado com Gengibre e Legumes


Eu gosto do inverno, de chuva, de dias cinzentos...mas já chega! Anseio pelos dias de sol, temperatura amena, sabrinas sem meias, sem gabardines e chapéus de chuva. De secar a roupa rapidamente na varanda sem ter de andar a mudar o estendal para dentro de casa assim que caem as primeiras pingas. Sol para poder fazer as primeiras refeições na varanda, grelhados ao ar livre e de tomar o pequeno almoço a ouvir os passarinhos.
Sol e bom tempo para saborear refeições coloridas cheias de legumes vibrantes - como este salteado de peru - que parece a primavera num prato!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 bifinhos de peru (cerca de 200g)
1/2 pimento vermelho
100g de ervilhas de quebrar
1 cebola pequena
1 cenoura
1 dente de alho
1 pedaço de gengibre fresco com 3 cm
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de amido de milho
50 ml de água
1 colher de sopa de vinho do porto
sal q.b.

Preparação:

Corte os bifinhos de peru em tiras e tempere com um pouco de sal e com o amido de milho.
Entretanto prepare os legumes. Corte o pimento em cubos, arranje as ervilhas de quebrar retirando-lhes as pontas e o "fio", corte a cebola em meias luas finas e a cenoura em palitos fininhos.
Leve uma frigideira grande e anti-aderente ao lume com o azeite. Junte o dente de alho e o gengibre previamente ralados (ou esmagado, se preferir). Deixe aquecer bem e junte a carne deixando saltear durante 5 minutos.
Acrescente depois os legumes e rectifique de sal. Junte o vinho do porto e a água e deixe cozinhar mais 5 minutos, de modo a que os legumes fiquem cozinhados mais ainda crocantes e de cores vibrantes.
Sirva com massa chinesa ou com arroz basmati bem soltinho!

Bom Apetite!

terça-feira, maio 08, 2012

Frango com Cerveja, Mostarda e Limão

Nem sempre há inspiração para coisas diferentes. Mas, assim de repente e vindo do nada o frango para o jantar teve direito a um molho composto e saboroso, que o tornou um pouco mais especial.
Esta combinação simples de ingredientes pode parecer forte mas na realidade fica bastante cremosa e suave. Um frango assado um bocadinho diferente e a repetir.

Ingredientes para 2 pessoas:

1/2 frango partido em pedaços pequenos
4 batatas médias
azeite q.b.
sal e pimenta q.b.
125ml de cerveja
1 dente de alho
1 colher de chá de mostarda de Dijon
1 colher de chá de mostarda em Grão à antiga
1/2 limão
salsa picada

Preparação:

Descasque as batatas e corte-as em rodelas com cerca de 1cm de espessura. Num tabuleiro que vá ao forno e à mesa coloque o frango em pedaços e as batatas em rodelas. Tempere com sal e pimenta e regue com um fio de azeite.
Entretanto, numa taça, misture o dente de alho esmagado numa papa, as duas mostardas e o sumo de meio limão. Mexa bem para dissolver e acrescente a cerveja. Verta esta mistura sobre o frango e polvilhe com um pouco de salsa picada
Tape o tabuleiro com papel de alumínio e leve ao forno previamente aquecido a 180ºCdurante cerca de 1 hora. Ao fim desse tempo retire o papel e deixe alourar mais alguns minutos.
Sirva o frango e as batatas com uma salada verde.

Bom Apetite!

segunda-feira, maio 07, 2012

Panquecas de Ovo com Fiambre

Durante muitos anos, na fase da adolescência em que contrariamos tudo e todos apenas porque sim,  não gostava de tomar pequeno almoço. Saía de casa apenas com um copo de leite tomado a correr. Entretanto os anos foram passando, e cheguei a uma fase em que a primeira refeição da manhã passou a ser uma das minhas favoritas e em que é impensável sair de casa sem a tomar. Na lista das minhas preferências, mais do que o leite e o pão ou os cereais, estão os ovos. Adoro ovos ao pequeno almoço!
Hoje deixo a sugestão de umas saborosas panquecas de ovos que se preparam em 2 minutos. Para ir variando!

Ingredientes para 1 pessoas:

1 ovo
1 pernada de salsa
1 fatia de fiambre
sal q.b.
azeite q.b.

Preparação:

Bata o ovo e tempere-o com um pouco de sal, e com a salsa picada. Misture bem.
Entretanto leve uma frigideira ao lume com umas gotinhas de azeite. Deixe aquecer bem e junte o ovo espalhando-o sobre toda a superfície da frigideira como se estivesse a fazer um crepe. Deixe cozinhar de um lado e com a ajuda de uma espátula vire cuidadosamente para cozinhar do outro lado.
Sirva a "panqueca" com uma fatia de fiambre (ou se preferir de queijo ou salmão fumado) e, se gostar uma fatia de pão torrado.

Bom Apetite!

sexta-feira, maio 04, 2012

Sandes BTL

Sandes BTL de Bacon, Tomato e Letuce, ou seja bacon, tomate e alface aos quais acrescentei muito pouco mas o suficiente para uma sanduiche deliciosa que se transforma numa rápida  e nutritiva refeição principalmente se acompanhada de sopa e fruta.
Perfeito para uma refeição solitária durante a semana e uma sugestão para almoços no trabalho, para piqueniques, para levar de viagem ou para a praia, assim que a chuva nos deixar e o sol voltar a brilhar!
E esperemos que já amanhã o tempo melhore... Espero-vos então este sábado (dia 5 de Maio) na Feira do Livro de Lisboa, no stand da Esfera dos Livros a partir das 18h. Terei todo o gosto em vos conhecer!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 pães de sementes
6 fatias de bacon
2 folhas de alface
1 tomate
2 colheres de sobremesa de mostarda de Dijon ( se não gostar de um sabor tão forte use maionese)

Preparação:

Abra o pão ao meio e barre-o com a mostarda ou maionese. Entretanto, numa frigideira anti-aderente frite as fatias de bacon até ficarem crocantes e escorra-as sobre papel absorvente (não é necessário juntar gordura à frigideira).
Corte depois o tomate em fatias e lave e seque as folhas de alface. Sobre o pão barrado coloque a alface, o tomate em rodelas e o bacon frito.

Bom Apetite!

quinta-feira, maio 03, 2012

Pizza Camponesa "Alta e Fofa"

Uma das refeições favoritas de domingo à noite é pizza. Principalmente se for pizza caseira! Tudo preparado por aqui, desde à massa ao molho. Quanto aos ingredientes, normalmente desenrasco-me com o que há por casa, e por isso raramente comemos duas pizzas iguais.
Desta vez, usei uma receita nova de massa que permitiu que a pizza ficasse "alta e fofa". Pessoalmente gosto mais da massa fininha e crocante, mas esta versão estava igualmente deliciosa.

Ingredientes para 2 pesssoas:

175ml de água
1 colher de sopa de azeite
sal q.b.
400g de farinha
1 saqueta de levedura seca (usei Vahine)

Molho de tomate q.b. (receita aqui)
150g de fiambre
200g de queijo ralado
1 pimento vermelho assado (em conserva)
1/2 cebola
oregãos q.b.

Preparação:

Aqueça um pouco a água apenas para que fique tépida.
Numa taça coloque a farinha. Abra um buraco ao centro e junte a levedura seca, o sal, o azeite e junte a água tépida. Amasse bem até formar uma bola que se desprenda das paredes da taça, tape com um pano e deixe levedar.
Depois de ter dobrado de volume estenda a massa da pizza e coloque-a num tabuleiro quadrado polvilhado com um pouco de farinha. Cubra com o molho de tomate e obre este coloque metade do queijo ralado. Acrescente depois o fiambre cortado em cubinhos, o pimento em tirinhas finas e a cebola em juliana fininha. Cubra com o restante queijo e polvilhe com oregãos.
Leve a cozinhar em forno previamente aquecido (180ºC) até a massa estar cozinhada e o queijo derretido e ligeiramente dourado.

Bom Apetite!

quarta-feira, maio 02, 2012

Bacalhau Confitado

Há muito que queria fazer um bacalhau confitado, mas por um motivo ou por outro lá ia adiando a decisão. Foi finalmente dia de o preparar e o resultado não podia ter sido melhor. Muito simples de fazer e uma receita a repetir pois o bacalhau fica bastante macio e as lascas desfazem-se na boca. Claro que importa muito a qualidade do bacalhau e do azeite utilizado... Mas isso é como as restantes coisas na culinária: com bons ingredientes qualquer um é um bom cozinheiro!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 lombos de bacalhau previamente demolhados (os postas altas)
azeite q.b.
4 dentes de alho
1 folha de louro

Preparação:

Depois de demolhado seque bem as postas de bacalhau com papel de cozinha. Coloque-as depois num tachinho pequeno, junte os dentes de alho previamente descascados e esmagados e a folha de louro.
Encha depois o tachinho com azeite até cobrir os lombos de bacalhau. Tape com papel de alumínio e leve o tachinho a lume muito brando durante cerca de 20 minutos.
O objectivo é que o bacalhau coza  muito lentamente no azeite (confite). Por isso o lume não pode estar demasiado alto para que o azeite não ferva e frite o bacalhau em vez de o cozer.
Sirva depois os lombos de bacalhau com puré de batata e regue com o azeite da cozedura. (Quanto ao restante azeite guarde-o num frasco, podendo-o depois usar para temperar ou cozinhar pratos à base de bacalhau ou para voltar a repetir o processo numa outra vez).

Bom Apetite!

terça-feira, maio 01, 2012

Queques Recheados

É feriado e por aqui está a chover. Não há nada mais que me apeteça fazer do que ir para a cozinha e preparar estes queques recheados, para o pequeno almoço ou para o lanche, e saboreá-los ainda mornos com uma chávena de chá.
Saborear estes pequenos momentos e evitar pensar em coisas menos felizes. Porque um queque quentinho e uma chávena de chá são também uma boa forma de nos conformarmos com a vida tal como ela é. Um bom ferido a todos!

Ingredientes para 12 queques:
(adaptado de Good Food, UK Edition Janeiro de 2012, pág. 104)

140g de açúcar
200g de farinha
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
100ml de iogurte natural
100ml de óleo vegetal
1 colher de chá de extrato de baunilha
2 ovos
12 colheres de chá de compota de morango ou framboesa
açúcar em pó para decorar

Preparação:

Forre um tabuleiro de queques com forminhas de papel frisado e reserve.
Numa taça misture o açúcar, a farinha e o bicarbonato de sódio.  Noutra taça misture o iogurte, os ovos batidos, o óleo e o extrato de baunilha. Junte as duas misturas envolvendo rapidamente com uma colher de pau.
Coloque então 1 colher de sopa da mistura nas forminha de papel frisado. Depois coloque sobre a massa 1 colher de compota de morango ou framboesa e termine com a restante massa.
Leve a assar em forno quente (190ºC) durante cerca de 15- 20 minutos até ficarem crescidos e dourados.
Retire, deixe arrefecer uns minutos e polvilhe com o açúcar em pó.

Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin