quinta-feira, abril 30, 2009

Croquetes

Tal como em casa da Mariana, do Caos na Cozinha, também em minha casa sempre se fizeram croquetes. Não sei se a minha mãe seguia a receita do chefe Silva, mas o mais provável é que sim, uma vez que as teleculinárias eram (e ainda são) usadas vezes sem conta em busca de todas as receitas possíveis e imaginárias.
Ora lá me deu vontade de fazer croquetes. E a receita que eu fui buscar? A mesma que a Mariana usou, a do chefe Silva. E lá fiz uns croquetes deliciosos!

Ingredientes para cerca de 2 dúzias:

200g de restos de carne cozinhada (usei carne de porco que estufei + 1 bocadinho de chouriço)
3 colheres de sopa de azeite
1 dente de alho picado
1 folha de louro
1 cebola pequena picada fininha
60g de farinha de trigo
1,5dl de leite
2 ovos
sal
pimenta
noz moscada
pão ralado
óleo

Preparação:

Numa caçarola coloque o azeite, junte o alho, a cebola e o louro e deixe alourar, mexendo sempre para não queimar. Quando a cebola estiver lourinha, junte a farinha e mexa até estar tudo bem ligado. Mexendo sempre, sobre lume brando, adicione, o leite bem quente. Continue a mexer até descolar do fundo.
Junte a carne picada, misture em e tempere com sal, pimenta e noz moscada. Continue a mexer cerca de 1 ou 2 minutos.
Fora do lume, misture 1 ovo batido, deixando-o cair em fio e mexendo bem.
Leve novamente ao lume e mexa sempre até formar bola e descolar do fundo do tacho. Despeje sobre um tabuleiro e deixe arrefecer.
Molde os croquetes e passe-os por ovo batido e pão ralado.(Neste ponto podem ser congelados). Frite em óleo bem quente, secando-os depois em papel absorvente.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 29, 2009

Salmão Gratinado com Espargos Verdes

Como me tinham sobrado espargos verdes dos revuelvos de domingo, achei que seriam o acompanhamento perfeito para uns lombinhos de salmão que tinha deixado a descongelar para o jantar.
Um resto de molho bechamel que estava no frigorífico também se juntou à festa, e saiu este jantar simples mas com alguma personalidade!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 lombos de salmão
sal e pimenta q.b.
sumo de 1/2 limão
1 colher de sopa de azeite
16 espargos verdes
100ml de molho bechamel

Preparação:

Retire a parte fibrosa dos espargos e coza-os em água temperada de sal durante 8 a 10 minutos. Retire e deixe arrefecer.
Tempere os lombos de salmão com sal, pimenta e sumo de limão, e leve-os a grelhar numa frigideira anti aderente previamente aquecida com o azeite.
Depois de o salmão estar pronto, retire-o e, na mesma frigideira saltei-e os espargos inteiros.
Coloque depois metade dos espargos numa assadeira que vá ao forno e à mesa. Por cima coloque os lombos de salmão e, por cima destes os restantes espargos.
Regue com o molho bechamel e leve ao forno quente apenas para gratinar a superfície.
Sirva com arroz de açafrão.

Bom Apetite!

terça-feira, abril 28, 2009

Revuelvos de Espargos Verdes e Cogumelos

Da ultima vez que vi espargos verdes à venda por um preço convidativo, não resisti e comprei um molho.
Foram o seguimento perfeito para mais um dos nossos jantares de domingo. Depois da sopa, uns deliciosos "revuelvos"e umas fatias de pão caseiro!

Ingredientes para 2 pessoas:

8 espargos verdes
6 cogumelos
4 ovos
sal e pimenta q.b.
1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Comece por arranjar os espargos retirando-lhes a parte fibrosa do fundo. Depois, lave os espargos e os cogumelos, cortando-os de seguida em pequenos pedaços e laminando os cogumelos.
Leve uma frigideira ao lume com o azeite e junte os cogumelos e os espargos deixando saltear até estarem cozinhados. Tempere de sal e pimenta.
Bata os ovos e deite-os dentro da frigideira. Vá mexendo de modo a envolver tudo, mas não deixe os ovos muito cozidos. Rectifique os temperos.
Sirva com fatias de pão caseiro e, se gostar, fatia de bacon fritas.

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 27, 2009

Caril de Frango e Maçã

Como sabem somos grandes apreciadores de caril, e comida indiana em geral, cá em casa. Da minha parte é porque sempre tive um fraquinho por comidas de sabores e cheiros diferentes. Da parte do M. porque tem uma costela indiana, visto que a minha sogra é de Goa.
Portanto cá em casa o caril tem muitas vezes lugar à mesa. Desta vez o simples caril de frango levou maçã. Ficou mais adocicado que o normal, mas surpreendentemente agradável!

Ingredientes para 2 pessoas:

2 pernas + 2 coxas de frango
1 colher de sopa de pó de caril (comprei um muito bom numa loja indiana no Martim Moniz)
3 colheres de sopa de óleo vegetal
1 cebola pequena
2 dentes de alho
1 pedacinho pequeno de gengibre
5 colheres de sopa de coentros frescos picados.
1 lata pequena de leite de côco
sal q.b.
2 maçãs

Preparação:

Pique a cebola com o alho e o gengibre. Leve ao lume o óleo vegetal e assim que estiver quente junte a cebola picada com o alho e o gengibre. Adicione os coentros e o pó de caril e deixe fritar formando uma pasta. (Se estiver demasiado seca, junte um golinho de água)
Adicione depois os pedaços de frango e deixe dourar na pasta de caril. Acrescente depois o leite de côco e as maçãs previamente descascadas e cortadas em cubos.
Tempere de sal e deixe cozer com o tacho tapado e em lume brando cerca de 35 minutos.
Retire depois o frango e, com a varinha mágica triture o molho até este estar bem emulsionado e cremoso. Adicone o frango novamente à panela e deixe levantar fervura.
Sirva o frango polvilhado com coentros e com um arroz basmati soltinho.

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 24, 2009

Arroz Doce com Leite de Côco e Canela

Andava há que tempos para pôr em prática esta versão de arroz doce.
Li algures, e não sei se é mito ou realidade, que o arroz doce, apesar de se pensar que é de tradição portuguesa é, na realidade originário da India, e que foi mais uma das importações dos portugueses.
A apoiar esta origem oriental desta sobremesa temos alguns pontos fundamentais: o uso da canela, uma especiaria oriental a que nós não tinhamos acesso, e a utilização do arroz e de leite de côco, os alimentos em maior abundância na India.
Sendo assim, os portugueses teriam importado esta sobremesa e adaptado aos ingredientes que tinham. Arroz também cá havia, a canela já eles traziam e, como por cá não havia leite de côco, facilmente se substituía por leite de vaca ou ovelha. E depois acrescentámos o limão, e os ovos em algumas regiões.
Verdadeira ou não é uma versão curiosa da origem do arroz doce, e que me deixou com vontade de experimentar. E ficou delicioso. Eu pessoalmente prefiro esta versão!

Ingredientes para 4 pessoas:

1 chávena chá de arroz carolino
água
1 pau de canela
100gr de açúcar
1 lata pequena de leite de côco

Preparação:

Leve uma panela com água ao lume e deixe ferver. Assim que levantar fervura junte o pau de canela e o arroz e deixe cozer em lume brando 15 minutos. Retire do lume e escorra o arroz.
Coloque o arroz novamente num tacho, junte o açúcar e metade do leite de côco e o pau de canela. Deixe cozinhar em lume brando, acrescentando o leite de côco à medida que o arroz for secando, e mexendo de vez em quando. Está pronto quando o arroz estiver cremoso e bem cozido.
Retire então do lume e coloque em tacinhas individuais e polvilhe com canela.
Sirva fresco.

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 23, 2009

Tosta Frita de Mozarella à Italiana

Como sabem, os nossos jantares de domingo são sempre muito simples e comidos normalmente em frente à televisão. Durante o tempo mais frio, há sempre sopa e algum para acompanhar. Desta vez foi esta maravilhosa tosta frita de Mozarella que aprendi a fazer em Itália, há alguns anos, em casa da família onde fiquei, quando fiz um intercâmbio com a escola.
Foi nesta viagem que soube pela primeira vez o que era o pesto, que adorei, e que passei para os meus pais que também são fãs, que conheci as verdadeiras pizzas, que provei Limoncelo e que aprendi a fazer esta deliciosa tosta que agora aqui partilho.

Ingredientes para 2 tostas:

4 fatias de pão de forma
1 bola de Mozarella fresca
sal e pimenta q.b
1 ovo + 4 colheres de sopa de leite

Preparação:

Corte a mozarella em fatias e recheie com ela 2 fatias de pão de forma. Coloque outra fatia de pão por cima e aperte bem.
Entretanto bata o ovo com o leite e tempere com um pouco de sal e pimenta.
Passe cada uma das tostas pela mistura de leite e ovo deixando absorver um pouco.
Frite as tostas em óleo vegetal quente até ficarem bem douradas e estaladiças.
Sirva de imediato cortadas ao meio.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 22, 2009

Gratinado de Batata e Dois Atuns

Não sabia bem o que fazer para o almoço, mas tinha descongelado um bife de atum, pois era o último que restava. Só um bife de atum, ainda por cima pequeno, para 2, é capaz de não chegar.
E se msiturar isto? E aquilo?
E lá saiu um gratinado, que, apesar de estarmos na primavera, estas comidas de forno ainda vão apetecendo.

Ingredientes para 2 pessoas:

4 batatas médias
1 bife de atum pequeno
1 lata de atum em azeite
1 cenoura pequena
2 tomates pequenos pelados
1 cebola pequena
1 dente de alho
azeite
sal e pimenta q.b.
300ml de molho bechamel

Preparação:

Lave e descasque as batates e corte-as em cubos pequenos. Leve a cozer em água temperada de sal.
Entretanto refogue a cebola em meias luas e os dentes de alhos picados com um pouco de azeite. Acrescente o bife de atum cortado em cubinhos e tempere de sal e pimenta. Escorra a lata de atum e acrescente ao refogado, bem como a cenoura previamente ralada e o tomate pelado cortado em cubinhos. Deixe cozinhar mexendo de vez em quando.
Assim que as batatas estiverem cozidas, escorra-as e incorpore-as na mistura de atum e legumes. Deixe saltear e junte metade do bechamel mexendo bem.
Coloque o preparado num prato que vá ao forno e à mesa e cubra com o restante bechamel.
Leve ao forno até tostar e sirva com uma salada verde.

Bom Apetite!

terça-feira, abril 21, 2009

Polenta Grelhada com Molho de Salsichas e Tomate

Uma refeição simples e de estilo italiano. Apesar de a polenta ser agora considerado artigo Gourmet, as tradicionais papas de milho sempre foram consideradas, em Portugal e na Itália comida de pobre. Quem não conhece as papas de carolo, que não é nada mais nada menos do que farinha de milho cozida em leite com casca de limão e açúcar e aromatizada com canela? Ou o milho frito que acompanha as espetadas madeirenses? Ou as papas de milho salgadas comidas com carne de porco no Alentejo?
Leiam também aqui, onde a minha amiga Marizé fala da tradição portuguesa da farinha de milho.
Como podem ver os portugueses já comem gourmet (e "polenta"!) há muito tempo.

Ingredientes para 2 pessoas:

4 salsichas frescas
1 cebola pequena
1 dente de alho
1 lata de tomate pelado
1/2 copo de vinho branco
2 colheres de sopa de polpa de tomate
tomilho
sal e pimenta q.b.
azeite
8 colheres de sopa de polenta instantânea (coze em apenas 5 minutos)
500ml de água

Preparação:

Pique a cebola e o dente de alho e refogue-os ligeiramente com um pouco de azeite. Acrescente depois o tomate pelado previamente partido em pequenos pedaços e a polpa de tomate. Tempere com sal, pimenta e o tomilho seco. Refresque com o vinho branco e deixe ferver 10 minutos em lume brando.
Acrescente depois as salsichas frescas previamente partidas em pedaços e deixe cozinhar em lume brando até as salsichas estarem cozinhadas e o molho espesso.
Entretanto prepare a polenta. Leve a água ao lume temperada de sal. Assim que levantar fervura acrescente a polenta e mexa. Deixe cozinhar em lume brando cerca de 5 minutos até a polenta estar cremosa.
Retire do lume e coloque a polenta num tabuleiro rectangular e deixe arrefecer.
Assim que estiver fria, corte-a em quadrados. Leve depois um grelhador anti aderente ao lume e deite-lhe um fio de azeite. Assim que estiver quente grelhe a polenta de ambos os lados até ficar com as marcas do grelhador.
Sirva a polenta grelhada com o molho de tomate e salsichas por cima, e um fio de azeite, se desejar.

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 20, 2009

Charlote de Mousse de Chocolate e Queijo Creme

Apesar de já vir com mais de uma semana da atraso, deixo aqui ficar a sobremesa escolhida para a mesa de Páscoa este ano. Esta charlote foi inspirada pelo Bolo de Mousse de Chocolate apresentado na revista Blue Cooking de Abril de 2009. Como achei a combinação demasiado calórica ( e sem necessidade de impingir tanta caloria a quem fosse comer a sobremesa), resolvi adaptar a receita utilizando o que tinha em casa.
Aqui fica a minha interpretação!

Ingredientes:

150gr de palitos la reine (os suficientes para forar as laterais da forma e o fundo)
1 cálice de Licor de Café ou outro
200gr de queijo creme (tipo Philadelphia)
100ml de natas ligeiras
8 colheres de sopa de açúcar
1 colher de sopa de manteiga
3 ovos inteiros + 2 claras
100gr de chocolate de culinária
100gr de chocolate Daim (podem usar qualquer outro como Maltesers, KitKat...)

Preparação:

Comece pela mousse de chocolate. Parta o chocolate de culinária em pedacinhos, junte-lhe a manteiga e leve a derreter no microondas. Separe as gemas das claras. Bata as gemas com 4 colheres de sopa de açúcar e junte-lhes o chocolate derretido mexendo bem. Bata depois as 3 claras em castelo e cuidadosamente incorpore na mistura anterior. Reserve no frigorífico.
Misture o queijo creme com as natas e o restante açúcar até ficar uma mistura lisa. Bata as outras 2 claras em castelo e acrescente-as à msitura de queijo creme. Parta em pequenos pedaços o chocolate Daim. Guarde um pouco para decoração e acrescente o restante à mistura do queijo creme.
Retire a base de uma forma de mola. Coloque somente o colarino da forma no prato de servir. Corte os palitos la reine à medida da forma e passe-os pelo licor antes de o colocar à volta do aro. Passe também´pelo licor os bocados de palitos com os quais formará a base da charlote.
Espalhe depois metade da mistura de queijo creme sobre a base de palitos la reine. Coloque alguns biscoitos partidos grosseiramente sobre este creme, e, por cima, coloque toda a mousse de chocolate. Cubra com mais uns quantos palitos partidos grosseiramente e cubra com a restante mistura de queijo creme.
Decore com o chocolate Daim previamente reservado e leve ao frigorífico pelo menos 6 horas antes de servir.
(Retire apenas o colarinho da forma de mola na altura de servir!)

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 17, 2009

Morangos com Creme de Chocolate

A combinação de morangos e chocolate é das mais deliciosas e simples. Sendo esta a época dos morangos, e tendo eu tantos no frigorífico, assim saiu uma sobremesa.
Bom fim de semana a todos!

Ingredientes para 2 pessoas:

12 morangos grandes
125gr de chocolate de culinária
2 colheres de sopa de açúcar em pó
75 ml de leite
2 línguas de veado ou outro biscoito da sua preferência

Preparação:

Lave os morangos e corte-lhes o pezinho. Divida-os depois por 2 tacinhas mantendo-os de pé.
Derreta o chocolate no microondas juntamente com o leite. Mexa bem até obter uma mistura sem grumos e acrescente o açúcar.
Verta depois a mistura e chocolate sobre as duas tacinhas de morangos, e leve ao frigorífico até servir.
No momento de servir decore cada tacinha com uma língua de veado.

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 16, 2009

Travesseiro Folhado de Alheira e Espinafres

Uma e apenas uma alheira andava perdida no fundo da gaveta do congelador. Uma placa de massa folhada fresca vegetava no frigorífico. Um resto de espinafres cozidos esperavam congelados outro fim.
Este foi o final da história destes 3 ingredientes!

Ingredientes para 2 pessoas:

1 placa de massa folhada fresca
1 alheira
100gr de espinafres cozidos
pimenta q.b.
1 gema de ovo para pincelar

Preparação:

Corte a placa de massa folhada ao meio de modo a formar 2 rectangulos que possam depois ser transformados em quadrados.
Numa das pontas de cada rectangulo coloque metade dos espinafres cozidos e bem espremidos, e metade da alheira desfeita com as mãos, à qual retirou previamente a pele. Tempere com um pouco de pimenta. Dobre agora cada rectangulo ao meio de modo a formar um quadrado, e pressione bem as pontas dobrando, para os folhados não abrirem durante a cozedura.
Pincele cada um dos folhados com gema de ovo batida com 1 colher de sopa de água, e leve ao forno previamente aquecido a 180ºC até a massa folhar e estar dourada, cerca de 40 minutos.
Sirva com uma salada verde temperada com uma vinagreta balsâmica.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 15, 2009

Pão Caseiro para todos os dias!

Todos se devem lembrar da receita deste pão, que andou a circular pela blogosfera e que foi testada por dezenas de blogues. E se eu vos disser que há uma receita de pão ainda mais simples do que essa, que aguenta no frigorífico até duas semanas, e que para além de um pão excelente, podem também utilizar para fazer as bases das vossas pizzas caseiras?! Sim, é verdade.

Para saberem mais pormenores, vejam aqui, onde descobri a receita.
Mas experimentem. Não dá trabalho nenhum e o pão fica muito bom!

Ingredientes : (esta quantidade deu-me para 2 pães pequenos e 2 pizzas grandes

6 ½ copos de farinha de trigo
3 copos de água morna
1 ½ colher (sopa) de fermento biológico seco
1 ½ colher (sopa) de sal grosso
farinha de milho para polvilhar q.b.

(1 copo = 1 cup = aproximadamente 235ml)

Preparação:

Numa caixa plástica grande e que tenha tampa, misture muito bem todos os ingredientes com uma colher de pau e tape o recipiente. (Se a massa ficar muito mole, pode ter que juntar um pouco mais de farinha). Guarde-a tapada no frigorífico (onde pode conservar-se até 2 semanas), Mas apenas use a massa depois de pelo menos 2 horas de repouso.
Quando quiser pão quente, seja para o pequeno almoço, para o lanche ou ao jantar para surpreender a família, retire o recipiente do frigorífico, e com as mãos enfarinhadas pegue num pedaço de massa e corte com uma faca. Guarde a restante massa para uma próxima vez.
Cuidadosamente, e sem voltar a amassar a massa que retirou, dê-lhe a forma pretendida dobrando as bordas da massa para dentro, tendo o cuidado de não apertar muito a massa para que esta não perca o ar que se formou dentro dela.
Deixe repousar no tabuleiro onde vai a cozer a massa , previamente polvilhado com farinha de milho, à temperatura ambiente, durante pelo menos 30 minutos. (Eu só deixei repousar o tempo que o forno demorou a aquecer, e emsmo assim ficou optimo!).
Polvilhe o pão com um pouco de farinha de trigo e faça uns cortes na massa para que esta abra durante a cozedura.
Coloque o pão no forno bem quente e deixe cozer durante 30 minutos.
Para fazer as pizzas usei o mesmo método. Retirei a massa, e estiquei à medida da forma de pizza com a ajuda do rolo da massa. Cobri com molho de tomate caseiros e os ingredientes preferidos e levei a forno quente até cozer.

Bom Apetite!

terça-feira, abril 14, 2009

Broa De Milho

Armada em padeira, deu-me para fazer uma broa!
O resultado final foi este, e estava realmente muito boa.

Ingredientes para 1 broa:

200gr de farinha de milho
200gr de farinha de trigo
1 saqueta de levedura seca
sal q.b.
água mona q.b.

Preparação:

Num recipiente junte as duas farinhas com o sal e o fermento. Vá acrescentando a água morna aos poucos e poucos até a massa se descolar das paredes da taça, mas sem se agarrar aos dedos.
Transfira a massa para a bancada e amasse bem durante alguns minutos.
Polvilhe um tabuleiro de ir ao forno com farinha e coloque aí a massa devidamente moldada em forma redonda, polvilhe com farinha e deixe levedar coberta com um pano.
Assim que a massa tiver dobrado de volume, leve a cozer em forno quente 200ºC até a broa estar cozida e dourada.

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 13, 2009

Hamburgers Gratinados com Molho de Cogumelos

Gosto de fazer hamburguers em casa. É raro comprar hamburguers pré feitos e congelados. Gosto de escolher a carne e pedir para picar. E depois chegar a casa e fazer hamburguers que normalmente congelo, e utilizo depois conforme as necessidades, naqueles dias em que a hora de jantar já chegou e não temos tempo para grandes refeições.
Na quinta-feira passada, foi um desses dias. Sendo quinta-feira santa fui à missa, ao fim do dia para a celebração da Ceia do Senhor. Normalmente as coisas nestes dias atrasam sempre mais. Cheguei a casa e eram quase 21h horas. Houve tempo para preparar uns simples hamburguers que ficaram muito saborosos.

Ingredientes para 2 pessoas:

4 hamburguers caseiros (receita aqui)
100gr de cogumelos frescos ou congelados
100ml de natas magras, de soja ou normais
4 colheres de sopa de queijo ralado
alho em pó
1 colher de sopa de azeite.
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Ligue o forno e assim que estiver quente introduza os hamburguers previamente dispostos num pirex.
Entretanto, numa frigideira larga aqueça o azeite com o alho em pó. Junte os cogumelos laminados e deixe cozinhar em lume brando até toda a água que se vai formando ter evaporado.
Adicione depois as natas e tempere de sal e pimenta.
Assim que levantar fervura desligue e, com a varinha mágica triture a mistura de cogumelos natas, mas sem ficar uma mistura muito homogénea.
Quando os hamburguers ficarem dourados de um lado vire e deixe cozinhar do outro lado. Assim que estiverem quase cozinhados cubra cada hamburguer com 1 colher de sopa de queijo ralado e depois com o molho de cogumelos.
Deixe gratinar e o molho espessar um pouco.
Sirva com massa ou arroz.

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 10, 2009

Páscoa Feliz!

Sempre foi tradição do M. e dos irmãos trocarem ovos de chocolate e amêndoas na Páscoa.
Ultimamente, e em vez de ir apenas ao supermercado e comprar um monte de guloseimas da Páscoa para oferecer, tenho optado por fazer ovos de salame de chocolate ou folares caseiros para oferecer, passando também a incluir, para além dos irmãos e sobrinha do M., a minha irmã.
Tal como no ano passado, também este ano optei por fazer uns folares de Páscoa, usando a mesma receita. Tirando um mais pequenino que fiz para a minha sobrinha, este anos os folares estão um pouco maiores. A receita é a mesma de sempre, pois em equipa vencedora não se mexe!
Uma Boa Páscoa para todos!

Ingredientes para 1 folar grande ou 2 médios:

800 g de farinha
100 g de margarina
35 g de fermento de padeiro
250 g de açúcar
3 ovos
2 dl de leite morno
sal, canela e erva-doce q.b.
3 ou 4 ovos cozidos para enfeitar o folar

Preparação:

Dissolva o fermento num pouco de leite morno e junte alguma farinha.Faça uma bola bem húmida e deixe levedar 20 minutos.
Amasse a restante farinha com o açúcar, o leite e os ovos e junte a bola de fermento.Bata bem. Acrescente a manteiga, o sal e as especiarias.Bata até a massa se soltar da tigela.Deixe levedar numa tigela tapada com 1 cobertor, em local protegido e ameno, durante + ou - 3 horas.
Faça então uma bola ligeiramente abolachada, onde coloca os ovos previamente cozidos e frios.Com um pouco de massa faça uns cordões que coloca a rodear os ovos.
Pincele com gema de ovo, deixe levedar mais 1 pouco e leve a forno quente (200ºC) até ficar bem corado e cozido.

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 09, 2009

Massa com Atum do Jamie Oliver

Mais uma receita de atum, desta vez usando atum de conserva.
A receita é simples e muita soborosa. Para mim isso deve-se ao uso da canela na receita. Não admira que seja a receita de massa favorita da mulher do Jamie Oliver.
A receita original está no livro :" Cook with Jamie".

Ingredientes para 2 pessoas:

250 gr de macarrão
2 latas de atum
1 lata de tomate pelado
mangericão fresco (eu usei seco)
1 cebola
1 colher de chá de chili flakes
1 colher de chá de canela
sal e pimenta q.b.
azeite
sumo e raspa de 1 limão pequeno
1 mão cheia de queijo parmesão ralado

Preparação:

Numa frigideira anti aderente refogue juntamente com o azeite a cebola previamente picada, os chili flakes, a canela e o mangericão. Deixe cozinhar até a cebola estar macia. Junte depois os tomates partidos em pedaços, o atum e tempere de sal e pimenta.
Deixe cozinharem lume brando 20 minutos.
Entretanto coza a massa em água abundante e sal até ficar al dente. Escorra a massa reservando alguma da água da cozedura.
Junte a massa com o molho de tomate e atum e agite. Adicione um pouco mais de mangericão, um gole de azeite, o sumo e raspa do limão e o queijo parmesão e misture tudo muito bem.
Se necessário junte um pouco da água da cozedura para a massa e o molho não ficarem tão presos.
Sirva de imediato.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 08, 2009

Bife de Atum Grelhado com Vegetais Assados e Batatinhas

Mais uma daquelas receitas simples, que não têm sabedoria nenhuma, mas que nos surpreendem pela delícia que são. Soube-me tão bem, que acho que foi um dos melhores jantares dos ultimos tempos!
(Eu sei que me inspirei numa receita que vi algures num blog, mas infelizmente, não sou capaz de me lembrar em qual. O autor, que se acuse.)

Ingredientes para 2 pessoas:

2 bifes de atum frescos
1 courgete pequena
1 pimento vermelho
1 cebola
6-8 batatinhas pequenas para assar
1 cabeça de alho
sal e pimenta q.b.
azeite
ervas da provença

Preparação:

Lave os legumes e corte a cougete em rodelas não muito fina, o imento em tiras grossas, a cebola em quartos e a cabeça de alho ao meio. Espalhe os legumes num tabuleiro e tempere-os com um pouco de azeite, sal e ervas da provença. Leve a assar em forno moderado.
Lave bem as batatinhas e escove a casca. Seque-as com uma toalha de cozinha e disponha-as no tabuleiro juntamente com uma quantidade bem generosa de sal. Leve as batatinhas a assar também no forno.
Tempere o atum com sal, pimenta e um fio de azeite e grelhe-o num grelhado ou frigideira anti aderente bem quente, mas pouco tempo de cada lado para não o deixar secar.
Assim que os legumes estiverem cozidos, retire-os para o parto de servir. Quanto ao alho, esprema-os para um almofariz e amasse bem misturando um pouco de azeite e sal. Com esta pasta de alho assado barre os bifes de atum.
Quanto às batatas, assim que estiverem assadas, limpe o excesso de sal e dê-lhes um murro.
Sirva o atum com o alho assado, com as batatinhas e os legumes assados regados de um pouco mais de azeite.

Bom Apetite!

terça-feira, abril 07, 2009

Favas Guisadas com Entrecosto

Eu gosto muito de favas, mas, infelizmente, cá em casa sou a única, o que faz de favas um prato raro por estas bandas.
No outro dia tive que matar as saudades das favas. Souberam-me muito bem, e lá andei eu a comer favas durante alguns dias!

Ingredientes para 4 pessoas:

1,200kg de favas descascadas
750gr de entrecosto partido em pedaços
2 dentes de alho picados
1 cebola picada
1 folha de louro
1dl de vinho branco
3clh sopa polpa de tomate
1 raminho coentros
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Depois das favas descascadas faça um refogado com o azeite, o alho, a cebola e a folha de louro. Logo que comece a alourar junte a carne e deixe suar mexendo de vez em quando. Junte o vinho branco e a polpa de tomate e deixe suar. Junte as favas, adicione sal e os coentros picados, cubra com áua e deixe cozer em lume brando até a carne e as favas estarem macias e apuradas.
Sirva com arroz branco.

Bom Apetite!

segunda-feira, abril 06, 2009

Costeletas à Milanesa com Arroz de Frutos Secos e Maçã

Existem refeições muito simples que são capazes de nos surpreender. Foi o que aconteceu com este jantar. Apesar de as costeletas não serem nada de especial estavam muito suculentas, mas o que realmente me surpreendeu foi o arroz. Tinha um resto de arroz basmati cozido no frigorífico e, em vez de voltar a fazer arroz para comer com as costeletas, resolvi dar-lhe nova vida. e Ficou bom. Muito bom. Tão bom que se comia assim mesmo, sem mais nada.

Ingredientes para 2 pessoas:

2 costeletas do cachaço
sal e pimenta q.b.
1 ovo
pão ralado
1 tacinha de arroz basmati cozido
1 maçã verde
2 colheres de sopa de nozes partidas em pedacinhos
2 colheres de sopa de amêndoa laminada
1 colher de chá de pó de caril
1 colher de sopa de azeite

Preparação:

Com um maço de cozinha bata as costeletas até estarem bem finas. Tempere-as com sal e pimenta. Passe-as depois pelo ovo batido e depois pelo pão ralado fazendo-o aderir bem. Guarde 20 minutos no frigorífico antes de servir.
Entretanto prepare o arroz. Numa frigideira larga junte o azeite e quando este tiver quente, adicione as amêndoas e as nozes. Quando estas começarem a ficar louras, junte a maçã em cubinhos e o pó de caril e deixe cozinhar uns minutos sem deixar a maçã ficar demasiado cozida.
Junte depois o arroz envolvendo bem na mistura anterior e deixe cozinhar mais alguns minutos.
Frite depois as costeletas de ambos os lados num pouco de óleo quente, e até estarem bem douradas. Escorra-as sobre papel absorvente.
Sirva as costeletas om o arroz e uma salada verde.

Bom Apetite!

sexta-feira, abril 03, 2009

Bolo de Profiteroles

Como não podia deixar de ser, aqui fica o Bolo de Aniversário do M.
Foi talvez o bolo mais trabalhoso que já fiz, mas o resultado acaba por compensar, e todos gostaram do aspecto e do sabor.
A ideia original não é minha. No restaurante em que o M, normalmente almoça, servem este bolo para sobremesa, e desde que o provou que me falava neste bolo, e em como era bom. Depois de eu também provar o bolo e confirmar a maravilha que é, tinha de me aventurar a fazê-lo. E nada como o preparar para o aniversário do M.

Ingredientes:

Bolo:
125g de manteiga
1 tablete de chocolate culinária (200g)
250g de açúcar
100g de farinha
1clh chá de fermento em pó
6 ovos

Profiteroles:
5dl de água
150g de margarina
1 casca de limão
1 pitada de sal
240g de farinha
6 ovos

Creme de Ovos:
8 gemas
175ml de leite
150 gr de açúcar
1 colher de sobremesa de farinha

Recheio de Natas:
200ml de Natas para bater
100gr de açúcar em pó

Molho de Chocolate:
100gr de chocolate de culinária
4 colheres de sopa de leite

Preparação:
Comece por preparar os profiteroles. Deite num tacho com fundo espesso a água com a margarina, a casca de limão e o sal.Leve ao lume e quando a água ferver adicione a farinha de uma só vez. Retire do lume e bata bem. Leve novamente ao lume para secar a massa, mexendo sempre até formar uma bola que se separe das paredes do tacho.Retire do calor e deixe arrefecer um pouco. Deite agora os ovos, um de cada vez batendo bem (de preferência usando uma batedeira, pois é uma tarefa um bocadinho difícil, principalmente de o fizermos à mão). O ovo seguinte só deverá ser adicionado depois do anterior ter sido totalmente absorvido.
Continue a bater até a massa obter brilho. Sobre um tabuleiro untado e com um saco de pasteleiro disponha a massa em montinhos. (Eu uso uma colher de chá em vez do saco de pasteleiro)Leve a cozer em forno quente 10 minutos e depois reduza o calor para médio e deixe a massa secar com a porta do forno entreaberta. A massa estará cozida quando deixando cair um bolinho este faça um som seco. Deixe arrefecer.
Entretanto prepare o bolo. Derreta o chocolate juntamente com as 125 g de margarina em banho-maria.Bata as gemas com o açúcar até obter uma mistura cremosa. Misture-lhes o chocolate e a margarina derretidas, a farinha previamente misturada com o fermento e as claras batidas em castelo mexendo sempre. Ponha o preparado numa forma sem buraco untada e polvilhada com farinha (eu usei uma forma rectangular, mas podem usar redonda) e leve a cozer cerca de 25 minutos. Retire do lume e deixe arrefecer.
Enqunato o bolo coze, vá preparando o creme de ovos. Bata as gemas com o açúcar e a farinha e junte, aos poucos e poucos o leite. Leve ao lume, mexendo sempre, até engrossar. Retire do lume e deixe arrefecer.
Coloque o bolo no prato de servir e cubra-o com o doce de ovos, por cima e dos lados também, reservando um pouco para a decoração final.
Bata depois as natas com o açúcar em pó até obter um chantily firme. Com uma tesoura abra os profiteroles ao meio sem os separar. Recheie cada um dos profiteroles com um pouco de natas batidas, e vá-os colocando sobre o bolo de modo a que todo o bolo fique coberto de profiteroles.
Decore os boraquinhos deixados pelos profiteroles com o restante doce de ovos.
Derreta o chocolate com o leite até ficar uma mistura homogénea e brilhante e, com a ajuda de uma colher, deite sobre os profiteroles.
Guarde no frigorífico até servir.

Bom Apetite!

quinta-feira, abril 02, 2009

Morangos com Vinagre Balsâmico e Gelado

Passamos agora às sobremesas dos anos do M. A maior parte delas já aqui foram colocadas e são clássicos sempre bem recebidos pelos nossos familiares e amigos.
Das inovações que fiz, apenas fui a tempo de tirar uma foto a estes deliciosos Morangos Balsâmicos servidos com gelados, que foram a revelação da noite.
Uma deliciosa Tarte de Doce de Leite com Banana e Chocolate, e um Suspiro com Framboesas e Creme de Mascarpone, ficarão para o dia em que os repetir. Estavam também deliciosos, mas no meio da confusão, acabei por me esquecer da foto, e dos restos que ficaram não houve fotografia digna.

Ingredientes:

500gr de morangos
3 colheres de sopa de vinagre balsâmico
6 colheres de sopa de açúcar em pó
Gelado de baunilha ou nata para acompanhar

Preparação:

Lave os morangos e corte-lhes o pé. Corte cada morango ao meio ou em quartos dependendo do tamanho.
Numa taça coloque os morangos, o vinagre e o açúcar e deixe macerar de um dia para o outro ou durante algumas horas.
Quinze minutos antes de servir retire o gelado do congelador.
Sirva uma bola de gelado já mole com os morangos marinados envolvendo bem.

Bom Apetite!

quarta-feira, abril 01, 2009

Mini-Hamburguers com Molho Agridoce

Passamos então à ultima entradinha dos anos do M. Desta vez uns mini-hamburgers que foram finalizados com um molho agridoce.
Foram uns dos favoritos da festa!

Ingredientes para 40 mini-hamburgers:

500gr de carne picada
pão ralado q.b.
sal
pimenta
1 ovo
1 colher de chá de alho em pó
1 colher de chá de cominhos em pó
Molho agridoce de compra

Preparação:

Comece por temperar a carne com sal, pimenta, alho e os cominhos. Junte o ovo batido e misture bem. Vá acrescentando pão ralado até a msitura se separar das paredes da tijela.
Molde então pequenas bolinhas de carne, como se fosse fazer almondegas e achate-as ligeiramente com a palma da mão.
Coloque a carne num tabuleiro e leve a assar em forno quente cerca de 15 minutos, ou até a carne estar cozinhada.
Retire a carne do forno e coloque no prato de servir. Coloque então um pedacinho de molho agridoce no meio de cada mini-hamburger.
Sirva à temperatura ambiente.


Bom Apetite!

Poderá também gostar de:

Related Posts Widget for Blogs by LinkWithin